O Zumbido é uma mensagem: preste atenção!

Notícias

O Zumbido é uma mensagem: preste atenção!

09 Novembro 2017 |

Imagine escutar um som constante lá dentro do ouvido e não conseguir explicar de onde vem? É isso o que sente os cerca de 28 milhões de brasileiros com zumbido, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. No entanto, muita gente nem sabe do que se trata e muito menos todas as consequências que este problema pode trazer para a vida de uma pessoa. Aproveitando o Novembro Laranja, vamos aprender um pouco mais sobre o zumbido?

 

Como é o zumbido?

O zumbido é uma sensação de som. Ou seja, o ouvido envia uma mensagem para o cérebro sem que exista o som em si. Dessa forma, é algo que só quem possui o zumbido escuta e muitas vezes é em um volume bem baixo, de forma que algumas pessoas só percebam o barulho quando estão no silêncio total. Mas, isso não impede que ele seja desagradável e irritante.

 

Apesar do nome, o barulho de zumzumzum é o menos comum. Tem gente que ouve estalos, chiados, sons de cigarras ou apitos, então o som varia de pessoa para pessoa. O tratamento é através da utilização de um aparelho auditivo e a adaptação depende do volume e tipo do barulho.

 

Como o zumbido afeta a qualidade de vida?

É importante entender que o zumbido raramente é um evento isolado. Então, é muito provável que a aparição dele esteja relacionada a algum outro problema de saúde ou mudança de hábitos. O mais comum é a perda da audição, mas o zumbido é apenas um sintoma e não a causa, que pode ser uma depressão, insônia, bruxismo, estresse, doenças cardiovasculares, diabetes, traumas cranianos entre outros. As causas são variadas e uma vez identificado o zumbido é preciso investigar para saber o que pode tê-lo causado.

 

Só estes problemas citados por si só já afetam a qualidade de vida, mas o zumbido pode desencadear insônia, fadiga, estresse e levar a queda da produtividade profissional e social. Em outras palavras, além da irritação causada pelo barulhinho intermitente, o paciente ainda precisa lidar com tudo que vem com este incômodo, o que tira qualquer um do sério.

 

Como é o tratamento?

O tratamento é feito com a utilização de uma tecnologia em um aparelho auditivo. Basicamente o que se faz é emitir um outro som dentro do ouvido para enganar o cérebro e tira a sensação. Esse outro som é ajustado para cada paciente que escolhe aquilo que seja mais confortável para ele. Em outras palavras: a sensação do som é bloqueada por um som real.

 

A questão do tratamento é a adaptação. Um pouco de paciência será necessária até que o tratamento seja ajustado. Além, claro, de bons profissionais e aparelhos.

 

Como posso me prevenir do zumbido?

Em geral, a prevenção é através dos cuidados com a audição, evitando lugares barulhentos ou utilizando protetor auricular. Levar uma vida ativa, com exercício físicos regulares e alimentação balanceada também previne este e outros problemas. Cafeína, álcool e cigarro também estão ligados com a aparição do zumbido.

 

Se você ou alguém que você conhece reclama de um zumbidinho no ouvido, mesmo que baixinho, procure um profissional para fazer um diagnóstico. Você pode tratar e viver ainda melhor, além de que, esse som provavelmente é uma mensagem para que você cuide de alguma outra questão em seu corpo.