Coceira no ouvido, quando é sinal de problema?

Notícias

Coceira no ouvido, quando é sinal de problema?

27 Outubro 2017 |

Aquela coceirinha no ouvido é de irritar qualquer um não é mesmo? Principalmente se ela for persistente. Mas, você sabia que ela pode ser causada por alguma irritação, por fungos ou excesso de cera? Seja qual for o caso, é importante que a gente tome muito cuidado para não irritar ainda mais a região e tornar os ouvidos suscetíveis a infecções. Então, paciência e veja agora como se livrar das coceirinhas.

 

A causa mais comum das coceiras é uma dermatite seborreica, que é uma condição semelhante à caspa do couro cabeludo. Isso acontece por conta da abundância de cera que fica seca e escamosa. Infelizmente não há um tratamento, mas um remedinho em gotas para pingar nos ouvidos prescrito pelo médico ajuda a aliviar bastante o problema.

 

Algumas pessoas apresentam alergias que causam coceiras nos ouvidos e outra causas da coceira persistente no ouvido são os fungos, porém isso não é o mais comum. Em caso de infecção por fungos, o seu otorrinolaringologista vai receitar antifúngicos específicos para o caso.

 

Apesar das coceiras não serem causadas por problemas sérios, o ato de coçar pode causar infecções. Pessoas com descamação, alergias e acúmulo de cera devem evitar aliviar os sintomas com cotonetes ou qualquer objeto pontiagudo. A pele dos ouvidos é muito fina e pode ferir-se facilmente. Além do risco de danificar o tímpano, situação que pode exigir até uma cirurgia para reparar o dano.

 

Como evitar o problema? Em geral, a orientação é: se sentir coceira persistente procure um médico; sempre seque bem a região externa dos ouvidos após o banho para evitar fungos e bactérias e faça a limpeza da cera apenas nas partes externas e superficiais.

 

Talvez você queira aprender a limpar os seus ouvidos com segurança. Para isso, veja este conteúdo aqui: http://aurisaparelhosauditivos.com.br/noticias/cotonete .